Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Análise de título público: IPCA+ 2035

Antes de ler o texto, caso tenha ouvido falar superficialmente sobre títulos públicos do programa Tesouro Direto, sugiro ler antes http://guiamonetario.blogspot.com/2016/11/um-apanhado-geral-respeito-dos-titulos.html.

Caso você tenha lido as postagens a respeito da especulação dos títulos públicos - escritas em http://guiamonetario.blogspot.com/2017/02/especulando-com-titulos-publicos-parte-1.html e http://guiamonetario.blogspot.com/2017/02/especulando-com-titulos-publicos-parte-2.html -, deve ter notado que faltou uma parte mais prática. O que quero dizer é que os textos ficaram bem teóricos. O intuito era esse mesmo. Neste texto que escrevo, quero tomar um título como exemplo, e pegar três momentos dele para deixar aqueles textos mais claros. Este título é o IPCA+ 2035.

Caso tenha ouvido falar superficialmente sobre flutuações nos preços dos títulos públicos, sugiro a leitura de http://guiamonetario.blogspot.com/2016/12/flutuacoes-nos-precos-dos-titulos-do.html seguida dos links do …

Especulando com titulos públicos - parte 2

Então a pessoa compra títulos públicos de forma especulativa, isto é, compra com a crença de que ele vai aumentar de valor de forma mais rápida do que ele aumentaria normalmente. Ao ler a parte 1, você viu que existe a pergunta de 1 milhão que é: o que faz o governo aumentar ou diminuir as taxas dos títulos? Por que ele simplesmente não as deixa quietas?
Bom, primeiro você tem que pensar no motivo de o governo vender títulos públicos. É para arrecadar dinheiro a fim de aumentar a receita. É claro que, teoricamente, esses gastos terão retornos ao governo maiores do que os valores que ele irá pagar a seus investidores. Pelo menos deveria ser assim.

Quando o governo precisa de arrecadar por meio dos títulos públicos, uma coisa atrativa a se fazer é aumentar as taxas de juros. Pensa comigo: você prefere comprar um CDB pré-fixado com rendimento de 10% ano ou um Tesouro pré-fixado a 10% ao ano. A princípio, não há tanta diferença assim. Você vai acabar optando pelo CDB, pois …

Especulando com títulos públicos - Parte 1

Você já deve ter visto ou lido que os títulos públicos podem sofrer grandes variações de preço de um dia para o outro. E quando digo que eles variam, pode ser que eles percam valor - não é só ganho. Uma preocupação que ninguém precisa ter é se o título for mantido até o vencimento. Neste caso, ele terá o rendimento acordado na data da compra. Fiz um breve resumo aqui: http://guiamonetario.blogspot.com/2016/12/flutuacoes-nos-precos-dos-titulos-do.html.

Esse fato abre oportunidades de ganho - e de perda também - acima do contratado. Inicialmente gostaria de destacar três pontos a serem analisados antes de falar efetivamente a respeito das variações de títulos públicos.

1) Este ganho é de curto prazo. Isso significa que você pode passar 2 ou 3 meses com rendimentos altos, mas ter que esperar 1 ou 2 anos para voltar a ter esses rendimentos novamente. Não é uma regra, mas pode acontecer. Uma coisa a se pensar é: será que não vale a pena manter o título com uma taxa alta até o …

Por que devemos consultar as fontes dos dados que lemos?

Hoje, li na revista Exame a seguinte matéria: http://exame.abril.com.br/revista-exame/considerada-como-exemplo-por-anos-cemig-tenta-se-reerguer/. A matéria é muito boa, pois mostra alguns aspectos da Cemig, empresa do setor de energia elétrica do estado de Minas Gerais.

O problema começa quando as pessoas começam a colocar dados sem mostrar fontes. Tem que tomar muito cuidado ao ler e aceitar esses dados. Um dos dados que foram colocados na matéria pela autora do texto foi que a Cemig distribuiu 25,6 bilhões em dividendos entre os anos de 2006 e 2015, sendo que, neste mesmo período, seu lucro líquido total foi de 26 bilhões, o que significa que a empresa deixou de distribuir 400 milhões de reais do seu lucro líquido.

Como eu já tinha feito uma análise financeira da Cemig desde 2010 até 2015, eu sabia que esse dado estava incorreto, pelo menos de acordo com os relatórios da Cemig. De acordo com o relatório mostrado no link http://relatorio2014.cemig.com.br/#/1, percebemos que a Cemig …